The piranha is a symbol for savagery and the ability to consume. By depicting only the head and tail of a piranha, I am making a parallel to human beings to convey the message that piranhas are the humans of the ocean: swimming in shallow waters, consuming whatever is trending–often with the savagery of a Black Friday sale–and motivated by sense perception. The absence of a body, symbolizes that what is being consumed is not essential for life in the way that food and water are. We tell ourselves that material consumption brings happiness. The Fish of Shallow Waters, artwork challenges this idea imposed by the media as a form of propaganda.

A piranha é um símbolo de selvageria e da capacidade de consumir. Ao desenhar apenas a cabeça e a cauda de uma piranha, estou fazendo um paralelo com os seres humanos para transmitir a mensagem de que as piranhas são os seres humanos do oceano: nadando em águas rasas, consumindo o que é tendência, muitas vezes com a furia de uma "black friday", e motivado pela percepção sensorial. A ausência de um corpo, simboliza que o que está sendo consumido não é essencial para a vida de maneira como o alimento e a água são. Dizemos a nós mesmos que o consumo material traz felicidade. O Peixe de Águas Rasas, a arte desafia essa idéia imposta pela mídia como uma forma de propaganda.

O Peixe De Aguas Rasas
Fish of Shallow Waters
Tinta acrílica e spray sobre madeira
Acrylic and spray on wood
5m x 1.5m
2016